Warning: Declaration of My_Walker::start_el(&$output, $item, $depth, $args) should be compatible with Walker_Nav_Menu::start_el(&$output, $item, $depth = 0, $args = Array, $id = 0) in /home/clubeendorfina/www/wp-content/themes/solid-wp/_admin/functions-menus.php on line 44

Warning: Declaration of My_Walker_Footer::start_el(&$output, $item, $depth, $args) should be compatible with Walker_Nav_Menu::start_el(&$output, $item, $depth = 0, $args = Array, $id = 0) in /home/clubeendorfina/www/wp-content/themes/solid-wp/_admin/functions-menus.php on line 74
BLOG DO TREINADOR - CAIO CASTRO: FISIOTERAPIA NÃO FUNCIONA | Endorfina Assessoria Esportiva - Endorfina Assessoria Esportiva

BLOG DO TREINADOR – CAIO CASTRO: FISIOTERAPIA NÃO FUNCIONA

Posted by: Endorfina | Posted on: dezembro 1st, 2015 | 0 Comments

FISIOTERAPIA NÃO FUNCIONA

Caio Castro (*)

fisioterapia-corrida

Estranho, né? Ainda mais em um texto de um Fisioterapeuta. Explicarei o motivo dessa maldita frase.

Se você já fez ou tem algum conhecido que já fez Fisioterapia, a chance de você ter ouvido ou até dito as seguintes frases é relativamente grande: “Fiz fisioterapia, mas não adiantou” ou então a mais comum: “Fiz fisioterapia, melhorou, mas depois voltou a doer de novo”. É duro ouvir isso. Muito duro. Mas vamos entender o porquê isso é comum?

A fisioterapia é muito mais do que vemos em muitas clínicas por aí. A Fisioterapia não é só alongamento, “choquinho”, ultrassom, gelo… Ela envolve muito mais do que isso. Se por um acaso você está fazendo algum tratamento e só faz esse tipo de coisa, saiba que está perdendo tempo (e dinheiro). Não que essas medidas analgésicas e cicatriciais não sejam importantes, o problema é quando só se faz isso.

Entender as causas da sua lesão. Isso é fundamental.

Quando temos alguma lesão (no caso da Fisioterapia Ortopédica), temos alguns sintomas (como a dor) que nos faz procurar um médico ou um Fisioterapeuta. Quando temos uma Fasceíte Plantar ou uma Osteoartrose, por exemplo, existem causas por trás dessas doenças. É preciso que o Fisioterapeuta DESCUBRA e TRATE essas causas E NÃO SÓ os sintomas. Quando não olhamos com profundidade essas lesões, acabamos por tratar sintomas, com gelo, “choquinho”, repouso, etc. Quando os sintomas passam e a dor some, as pessoas se sentem curadas, voltam para as suas atividades antigas, mas as dores também voltam, porque as causas ainda continuam lá!! Daí vem a frase: “Fiz fisioterapia, melhorou, mas depois voltou a doer”. Viu onde está o erro?

Assumir a culpa é sempre mais difícil do que culpar os outros.

Claro que muitas vezes os próprios pacientes não seguem as orientações após a alta, abandonam o tratamento no meio do caminho, faltam por diversas vezes às sessões… Estes devem engolir a seco o fracasso da Fisioterapia. No entanto, muitas vezes isso não acontece. O paciente não falta, interage com o tratamento, faz por onde, mas ainda assim não tem sucesso. Muitas vezes somos nós, os Fisioterapeutas, que somos incapazes de identificar e tratar com sucesso os nossos pacientes.

É preciso aprofundar mais. É preciso saber avaliar. Não existe uma receita de bolo para cada lesão. Uma mesma lesão tem diferentes causas e as pessoas apresentam sintomas diferentes. Mais uma vez eu digo: se você, que está fazendo fisioterapia, não sabe quais são as verdadeiras causas do seu problema, só faz gelo, TENS (“choquinho”) e alongamentos, sai fora o quanto antes! Quanto vale sua saúde? Quanto vale seu tempo?

Na verdade, fisioterapia funciona SIM (olha o autor contradizendo seu título, rsrsrs). Mas eu estou falando de Fisioterapia de qualidade, a que trata as causas, aquela em que o paciente interage e participa do tratamento, aquela em que se busca resolubilidade, aquela em que você é acompanhado de perto… Enfim, fisioterapia de verdade!

Na Endorfina, além da prevenção, contamos com o serviço de Reabilitação Ortopédica. Aqui não garantimos o sucesso (aliás, ninguém pode garantir), mas garantimos o total esforço para atingirmos os seus objetivos. Quem conhece, indica. Vem com a gente! Vem pra Endorfina! #Fisioterapia #Endorfina #Saúde

(*) É fisioterapeuta da equipe da Endorfina Assessoria Esportiva

 

Leave a Comment