RENATA DO CARMO: COLECIONADORA DE HISTÓRIAS

Posted by: Endorfina | Posted on: outubro 24th, 2015 | 0 Comments

COLECIONADORA DE HISTÓRIAS

Renata do Carmo (*)

Renata-do-carmo

Nunca fui de colecionar nada. Nunca completei um álbum de figurinhas. Com o tempo, perdia o interesse e a paciência para buscar aquela difícil de aparecer no pacotinho. E adulta virei uma colecionadora de medalhas. Quem diria.

Involuntariamente, devo dizer. Porque sequer pensei em um “pódio” pra elas. Foram se acumulando e agora se exibem dependuradas num canto da casa.

Sim, elas são mais exibidas do que eu, que as deixo ali quietinhas. Chamam  atenção pela quantidade. Despretensiosamente as fui ganhando, a cada prova que participei.

No início, eu achava meio engraçado. Ganhar medalha só porque eu completava aquela singela prova de 5km? Mas meu tempo nem era tão olímpico assim. Rs.

Com o tempo,  comecei a entender a importância delas e a sentir o saboroso prazer de recebê-las ao fim de cada corrida.

São trofeus individuais. Símbolos de uma conquista pessoal. De um desafio que nos  colocamos e tentamos cumprir da melhor maneira possível.

E ali, juntinhas, nos refrescam a memória. Nos fazem lembrar de cada etapa vencida. Dos quilômetros que aumentaram  com o tempo. De uma viagem feita “apenas” para correr.

E eu, que jamais consegui colecionar coisa alguma, cá estou com dezenas de medalhas. Que podem impressionar uma visita que chega. Mas que, para mim, são tão somente  contadoras de lindas  histórias.

(*) Editora e apresentadora da TV Globo Minas, corredora, endorfinada de carteirinha.

 

Leave a Comment