Renata do Carmo: O prazer da corrida

Posted by: Endorfina | Posted on: novembro 30th, 2016 | 0 Comments

O prazer da corrida

img-renata

Foto: Felipe Jávare

Tenho uma invejinha daquelas pessoas que correm durante anos, vão aumentando os quilômetros a participação em provas sem perder o gás.

Que paixão é essa, que faz vencer o cansaço, a rotina atribulada, que desafia qualquer desculpa que nossa cabeça possa inventar?

Neste ano, confesso, bateu o desânimo. E não foi por nada específico. De repente, se tornou um peso o quê dava tanto prazer.

Questionei se deveria mudar de modalidade esportiva, mas por quê? Se quando vencia aquela primeira barreira do desânimo (aquela que te impede de botar o short e sair do lugar), eu ficava feliz da vida, logo depois do terceiro quilômetro? E tinha a certeza de que a escolha pela corrida me fazia bem e que ainda poderia me fazer muito bem.

Então, ponderei: correr tem que ser só prazer mesmo? Ou é preciso esforço, disciplina e boa vontade nos dias mais difíceis. E agora, às voltas com a Volta da Pampulha, o treino não poderia falhar.

Fiz esforço. Tentei organizar melhor meu tempo. Comecei a ler depoimentos de pessoas que correm. Me contagiar com a empolgação inicial dos colegas que começaram a atividade há pouco tempo. Porque essa empolgação pode passar com o tempo, como o frisson de uma grande paixão – MAS o amor pode ficar. 

É como um casamento, né? Se o casal faz sempre os mesmo programas, não se reiventa, não varia nem o cardápio da cozinha, tudo vai ficando muito desanimador. E não precisa ser assim.

Então, me inscrevi em provas com percursos diferentes, experimentei novas músicas no fone de ouvido. Até correr sem música! Mudei os horários de treino. Fui fazendo diferente o que eu podia – para manter um hábito que sabia me fazer bem.

Boas colheitas pra você!

 

Renata do Carmo

 

Renata do Carmo

Editora e Apresentadora da TV Globo Minas. Corredora endorfinada.

 

 

Talvez você se interesse por outros posts da Renata do Carmo:

 

Leave a Comment